banner1-home banner3-home banner2-home banner4-home

Aparelhos

 TENS

A sigla TENS é a abreviação de Transcutaneous Electric Nerve Stimulation.

Em português: Estimulação Nervosa Elétrica Transcutânea. Consiste na aplicação de minúsculos impulsos elétricos sobre a pele, em determinadas áreas relacionadas à dor.

O uso de TENS é indicado no tratamento de dores agudas ou crônicas em qualquer parte do corpo humano. As dores agudas podem ser decorrentes de traumatismos,

ferimentos, ou podem mesmo ser dores pós-operatórias. As dores crônicas podem ser de qualquer natureza, sendo que as que melhor respondem ao tratamento com

TENS são as dores musculares e/ou articulares. Este método tem a vantagem de não requerer ingestão ou injeção de medicamentos. O alívio da dor ocorre exclusivamente em consequência dos estímulos elétricos aplicados sobre a pele.

Ultra som melhora o retorno venoso e linfático, o aumento da permeabilidade celular, aumento da circulação e a micromassagem produzida pelo ultrasom, influenciam e auxiliam o retorno venoso e linfático favorecendo a reabsorção de edemas e de irritantes tissuelares (menor efeito nocicsptivo) Reduz o tempo da fase inflamatória, acelerando a fase proliferativa.

 

 

Laser

  • Na fisioterapia os benefícios do laser diminuem o tempo de tratamento e ajudam: 
  • na cicatrização de ferimentos, 
  • no fechamento de feridas abertas, úlceras e feridas pós-operatórias, 
  • na velocidade de condução do nervo 
  • nas artropatias degenerativas e inflamatórias 
  • no alívio da dor; tanto em pontos gatilhos quanto em pontos de acupuntura. 
  • tem efeitos benéficos em lesões de tecidos moles - tendões, ligamentos e músculos e até em fortalecimento de tendões e ligamentos.



Efeitos do laser:  

  1. Aumenta a síntese de colágeno - útil para reparo tecidual. 
  2. Aumenta a permeabilidade das membranas celulares com maior eficiência da bomba de sódio. 
  3. Aumenta o número de fibroblástos e promove tecido de granulação - útil para cicatrização de corte. 
  4. Aumenta os níveis de prostaglandinas. Causa um aumento na ATP celular, que é útil para mitigação da dor. 
  5. Ação anti-inflamatória

 

Reeducação Postural Global 

A Reeducação Postural Global, ou RPG, é um método de fisioterapia que trata das desarmonias do corpo humano levando em consideração as necessidades individuais de cada paciente, já que cada organismo reage de maneira diferente às agressões sofridas. É uma técnica revolucionária que considera os sistemas muscular, sensitivo e esquelético como um todo e procura tratar, de forma individualizada, os músculos que se diferenciam na estrutura.  

Fisioterapia Ortopédica e traumatológica Lesões ou doenças que afetam os ossos, músculos e ligamentos estão dentro da área médica da ortopedia. Fisioterapia ortopédica engloba lesões esportivas, o desgaste, bem como pequenos e grandes traumas, pós-condições cirúrgicas e doenças congênitas.  

A fisioterapia oferece cuidados pré e pós operatório para os pacientes com próteses. O desgaste perante um conjunto requer a substituição, o que leva anos. Junto com isso vão-se os tecidos moles (músculos e ligamentos de adaptação), padrões de marcha e os desequilíbrios musculares.  

 

Fisioterapia reumatológica 

A Fisioterapia reumatológica consiste basicamente no tratamento de patologias crônico-degenerativas, tais como: artrite reumatóide, artrose, osteoporose, osteoartrose entre outras.A prevalência dessas patologias aumenta com a idade e, como são crônicas, quanto antes e melhor for seu tratamento, menores as chances de desenvolverem-se, seqüelas que possam alterar a qualidade de vida do indivíduo.  

Com a fisioterapia obtem-se orientações quanto:  

- Ao desenvolvimento da patologia;  

- Realização das AVD’s sem agressão às articulações que podem gerar dor e dificuldade de movimento; 

- Realização de atividades de lazer e vida pessoal, o mais próximo possível. 

Diante de um paciente com doença crônico-degenerativa o objetivo da fisioterapia é minimizar dores e incapacidades geradas por tais patologias através da utilização de recursos eletroanalgésicos, da aplicação de técnicas de terapia manual e de atividades que estimulem a movimentação articular buscando assim prevenir a instalação de deformidades, bem como evitar a progressão de deformidades já instaladas, buscando sempre manter uma boa qualidade de vida.

Fisioterapia Respiratoria atua nos diversos níveis do atendimento aos pacientes com disfunções respiratórias tais como Unidades de Terapia Intensiva (UTI), enfermarias, ambulatórios, home care e Unidades Básicas de Saúde (UBS). A fisioterapia tem várias abordagens no tratamento dos pacientes pneumopatas, dentre elas manutenção e/ou melhora da ventilação alveolar, prevenção de crises respiratórias, educação ao paciente, suporte ventilatório nos períodos de crise e/ou insuficiência respiratória e melhora da capacidade física.  

Para atingir os seus objetivos o Fisioterapeuta utiliza técnicas manuais e/ou instrumentais, o exercício, o posicionamento, a educação e o aconselhamento. A intervenção do fisioterapeuta na área das condições cárdio-respiratórias envolve da parte deste, um exame adequado do utente, uma avaliação dos dados recolhidos que lhe permitam identificar, relacionar e hierarquizar os problemas que podem beneficiar com a sua intervenção (diagnóstico), um domínio ao nível do conhecimento e execução das técnicas de tratamento e necessidade de avaliar os resultados da sua intervenção ao nível da estrutura e função, da atividade e da participação social. A sua intervenção junto de utentes (adultos e crianças) com disfunção respiratória aguda, cronica ou cronica agudizada requer um nível de experiência que só pode ser atingido com uma prática continuada, um conhecimento actualizado, uma avaliação constante dos resultados e uma atitude crítica e reflexiva sobre a sua prática clínica.

  

Drenagem Linfática

O objetivo da drenagem consiste em transportar os líquidos acumulados entre as células, para que possam fluir para dentro do sangue. Ela deve ser realizada com manobras suaves, lentas, rítmicas e relaxantes, com os dedos ou as mãos de acordo com a região do corpo. Uma pressão que cause dor pode romper vasos e formar hematomas, trazendo complicações para o quadro da paciente.  

A drenagem linfática ajuda a eliminar as toxinas e metabólitos do organismo, além de melhorar o sistema imunológico pois a linfa é rica em proteínas e sua presença no interstício propicia proliferação e cultura de germes.